Hoje: 17 de Jan de 2018

Metade dos ministros deve deixar cargo para se dedicar à eleição de 2018

O ano eleitoral trará grande mudanças na equipe de primeiro escalão do Presidente Temer, pelas contas de assessores do presidente, metade dos 28 ministros do governo deverá deixar o cargo que ocupa na Esplanada para se candidatar.A informação está no Blog do jornalista Murilo Ramos, da revista Época.

Apesar de faltar mais de três meses para darem adeus, a guerra por suas cadeiras já está em curso.

A disputa pela sucessão nos ministérios da Saúde e da Agricultura, ambos controlados pelo PP, é de baixíssimo nível.

As mudanças ocasionadas pela disputa política, não só trará mudanças administrativas, bem como políticas.

Alguns partidos atualmente na base aliada do Presidente da República, não deverão continuar apoiando Michel Temer, mesmo este não concorrendo a reeleição, como é o que se pinta.