Hoje: 19 de Sep de 2018

NOVO SEQUESTRO: Justiça manda bloqueia 10 milhões do estado e serviços a população poderão ser suspensos

A Justiça, através de uma liminar do juiz Gutemberg Lacerda, mandou bloquear cerca de R$ 10 milhões do Governo da Paraíba atendendo ação da Defensoria Pública Estadual sob a alegação de que a gestão estaria repassando R$ 300 mil a menos em relação ao duodécimo dos Poderes.  Os valores corresponderiam aos dez meses que a Defensoria afirma ter recebido menos recursos.

O procurador do Estado, Gilberto Carneiro, disse que o governo não foi informado sobre a ação e avisou que levará denúncia do caso ao Conselho Nacional de Justiça. Para ele, esse foi um verdadeiro presente de grego às vésperas do recesso no Tribunal de Justiça da Paraíba.

“São fatos extremamente preocupantes, graves e que nos deixam perplexos. Vamos tomar todas as providências jurídicas e levar ao conhecimento do CNJ o que está acontecendo na Paraíba porque realmente passou de todos os limites”, destacou o procurador em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan  FM.

De acordo com Gilberto Carneiro, a entrada da ação aconteceu no dia 18 de dezembro e a liminar foi concedida no dia 19 após o recesso no Tribunal de Justiça da Paraíba.

Só que hoje, o gerente do banco ligou para a secretária de Finanças, Amanda Araújo Rodrigues, informando que os recursos haviam sido sequestrados.

“Eu não tinha conhecimento e procurei saber qual seria a ordem do processo e o gerente me passou a cópia da decisão judicial e identifiquei que se tratava de uma ação da Defensoria, sem ouvir o Estado e sem fazer nenhuma comprovação dessa dívida”, pontuou.

Um secretário de estado revelou que alguns serviços do governo poderão ser suspensos se os bloqueios da justiça continuarem. O representante do governo pediu reservas e não quis adiantar quais os serviços serão afetados.

Fonte: com maispb